Páginas do Blog

domingo, 23 de agosto de 2009

O Parto.


Cesárea marcada para as 6hrs da manhã de sábado.
Na sexta, eu fiz váaaarias pequenas coisas, fui me depilar, fiz mão, pé, dei uma "geralzinha" na casa preparando tudo p/ qndo a Valentina chegasse. Ainda fui p/ casa da dinda Camila, ficamos tomando um chimarrãozinho, marido veio me buscar, fomos jantar fora (afinal sabe-se lá qndo vamos poder fazer isso d novo né? rsrs) depois fomos buscar a filmadora com a Pati e o Diego, chegamos em casa tarde, tomei banho, lavei cabelo, fiz escova... tudo bem tranquila. Fui me deitar e acordei as 3hrs da manhã, sem sono, me maquiei, me arrumei, deixei tudo a postos, depois o Moises levantou tb, tomou banho e fomos!

Buscamos a Camila, o Pedro e a Nani estavam a caminho (todos dindos) e íamos tentar fazer eles entrarem de alguma maneira, já q estavam proibindo qualquer pessoa q ñ fosse o pai, de entrar no Hospital devido aos casos da Gripe H1N1. Não conseguiram mas ficaram na recepção, fui preencher meus papeis da internação deixamos nossas malinhas e nos dirigimos aos Centro Obstétrico.
Cada vez mais eu ficava feliz! Não fiquei nervosa, a medida q o tempo passava eu ficava ainda mais feliz!
Fomos p/ um tipo de sala "preparatória", coloquei aquela camisolinha sexy do hospital e o Moi uma roupinha cirúrgica (pedi p/ ele roubar pelo menos a toquinha, para... bem, vcs sabem kkkk).




Mediram pressão, isso, aquilo, fizeram milhões de perguntas, e devo informar aki, todas as enfermeiras do hospital Moinhos de Vento foram Maravilhosas comigo!
Ai colocaram o tal do cateter com o soro na veia da minha mão... p/ q? Estava tão radiante, era como se tivessem me tirado da tomada, a pressão caiu, fiquei branca, tive q sentar, mas aí, o Moises ficou fazendo palhaçadinhas e logo melhorei.

Daqui a pouco apareceu a Drª Angela... aí sim, senti um gelinho... tipo, tá na hora!!!
Me colocaram toquinha, a Drª me pegou pela mão e fomos andando até a Sala de Cirurgia, com o bendito soro do lado (detesto coisas fincadas na minha veia!)
Ela deixou o Moises na sala dos médicos, enquanto me preparam p/ a cesárea... e olha, q coisa mais tranquila a tal da Peridural! Não sei pq fazem tanto fuzuê, e quer saber? Amei rsrsrs.
O anestesista Drº Jayro é q coisa mais querida do mundo! Me explicava tim-tim por tim-tim, tudo q ia fazer... o q eu ia sentir.... foi Mara! A anestesia foi rapidinho, as enfermeiras colocaram a sonda (tb ñ senti nada por estar anestesiada) a Drª Angela entrou na sala com mais um bandão de gente, levantaram o pano verde e começaram e mexer em algo lá em baixo, como eu ñ sentia nada, deduzi q já estavam me cortando... pedi p/ anestesista chamar meu marido, lá veio o Moises com a filmadora na mão, e sentou do meu lado...

O anestesista ia me dizendo tuuuuudo q estava acontecendo... tudinho, até q ele me disse, tá vindo! Eu estava meio "grogue" mas já despertei, até q ouvi a Drª Angela dizer, "VEM MEU AMOR!" (nunca vou me esquecer) e baixaram o pano verde, eu vi, a Valentina saindo d mim, e só de dizer meus olhos enchem de lágrimas, a emoção e indescritível mesmo! Não é nada exagero das mamães, vc é tomada por um sentimento tão lindo e tão profundo, parece q naquela hora, vc se torna outra pessoa, uma mãe de fato.
Eu só sabia chorar, e chorar, chorava mais q a Valentina até!
Vi cortarem o cordão, levantaram o pano d novo, me mostraram ela rapidinho e levaram ela, falei só consegui soltar um susurrinho p/ Moises ir atrás, e lá foi ele... ai ouvi a Drª Angela dizendo q "eu estava perdendo muito sangue, segura aki, solta ali, rápido, rápido" mas sabe qndo vc ñ se dá conta? Só pensava na nossa Valentina e me concentrava nos chorinhos dela na sala ao lado.
Pesaram, mediram, limparam...
3.530kg - 50Cm
Não demorou muito me trouxeram ela, linda! linda! linda! aí o chororô (q ñ tinha passado) ficou ainda mais intenso, era uma alegria tão gigante q eu só sabia chorar...



Levaram ela de novo, levei meus pontinhos e me levaram para a sala d recuperação... passei por ela e pelo Moises babão.... só me lembro dele dizer: "ela só pára de chorar qndo seguro a mão dela..." Pronto! desabei a chorar de novo... Acho só ñ desidratei por causa do soro...



Fiquei na sala de recuperação, o anestesista me deu um tipo de conta-gotas c/ água, e era só aquilo q eu poderia ingerir... disse p/ mim fechar os olhos, descansar e dormir um pouco... eu estava mega-ultra grogue, mas ñ quis baixar a guarda, fiquei acordada num esforço fenomenal, até q o Moises veio me dizer q ela era linda, e talz... mais lágrimas...
Depois me trouxeram ela depois do 1º banho, com roupinha, e a enfermeira foi me ensinar a dar de mamar.... gente, é a coisa mais impressionante e linda do mundo, pq até então, ñ tinha saido nada do meu peito, qndo ela começou a sugar, veio o colostro, e ela mamou, mamou... e foi tão mágico!
Depois de umas 3hrs, me levaram p/ Aptº com ela e o Moi junto, ele arrumou nossas coisinhas no armário e ficou conosco, depois revezou com a Camila, p/ poder ir almoçar... senti um enjôo enorme depois, mas ñ saia nada, estava de jejum, mas só, nada de mais, a parte ruim é q me deram um plasil e eu fiquei grogue de novo, daí colocaram a Valentina no bercinho do lado da minha cama :( a Camila disse q eu acordava d 5 em 5 minutos p/ dizer: "Miga, qualquer coisa me chama..." eu ñ me lembro... o Moises me botou p/ falar com minha mãe pela webcam, tb ñ me lembro... aí sim, capotei de roncar (intriga da Camila e das enfermeiras... eu ñ ronco! kkkk). Acordei novinha em folha, se ñ fosse estar com o bendito soro, sonda, e um mega-ultra-blaster absorvente entre as pernas, and curativo da cesárea.
Colocaram minha filhinha nos meus braços e fiquei hipnotizada... por mim, poderia acontecer qualquer coisa, mas aquele momento ali, com certeza era só nosso...
Agora resumindo um pouco...
A noite tiraram minha sonda, no outro dia pela manhã (domingo) tiraram o soro, a Drª veio me visitar, tomei banho, coloquei meu pijaminha, trocaram meu curativo, fiquei em dieta líquida por mais 24hrs, o Moises e a Camila se revezavam p/ ficar comigo, no terceiro dia (segunda) eu já estava tri bem! andando de um lado p/ outro, fazendo de um tudo, as enfermeiras até me elogiaram p/ Drª, disseram q eu ñ tive frescura nenhuma (logo eu fresca q sou hein! hein!), q já tinha tomado banho sozinha, q estava trocando fraldas sem ajuda tb!


Sinceramente pensei q seria pior sabe? Mas achei tudo um sonho, tudo tão lindo, e outra, Bebês são anjos, e ñ um bicho de 7 cabeças. Não achei ruim nem ter q tomar injeção na bunda de 4 em 4hrs, (no fim até as enfermeiras ficavam com peninha d mim). Na terça recebi alta, ganhei vários mimos do hospital e... qndo saí do quarto, o Moises d mala e cuia, e eu com a Valentina no colo... nossa! q pavor! "Saímos do nosso mundinho-quarto-de-hospital tão bom, tão quentinho para o mundo!" Tava frio, e o Moises disse q eu parecia um bicho com a cria no colo, olhos arregalados, atenta a tudo e a todos, andava até meio curvada p/ proteger a Valentina... muito engraçado isso.
E esse foi o relato de como foi tudo no hospital.
Posso adiantar q a Valentina é muito querida! Muito boazinha, converso com ela todos os dias, e sou muito apaixonada por ela! E há! É a cara do pai... só falta ficar loira... aí sim, vão pensar q sou a babá dela e ñ a mãe rsrsr...






A medida q for dando um tempinho eu vou contando como está sendo nosso dia-a-dia de pai, mãe, filha, e descobertas...